Carta do Presidente

Caros membros,

Caros Amigos,

 

No dia 20 de julho de 2017 foram assinados o Estatuto Social e a Ata Constituinte da Câmara de Comércio, Indústria e Serviços Brasil-Suíça, carinhosamente batizada de CHamBR, e sediada em Genebra, Suíça. O principal objetivo da CHamBR é incentivar as relações bilaterais e contribuir ao desenvolvimento de um ambiente de negócios seguro e estimulante entre os dois países.

Dezenas de bilhões de dólares de investimento, centenas de empresas e milhares de pessoas revelam um já intenso relacionamento entre o Brasil e a Suíça; bem como uma longa história.

Em 2018 celebramos os 200 anos do início da colonização suíça no Brasil, nas terras de Nova Friburgo. O fluxo migratório inicial foi seguido por uma crescente aproximação nos planos diplomático, econômico e cultural, a tal ponto que o Brasil se tornou o principal parceiro da Suíça na América Latina.

Grandes empresas suíças e brasileiras atuam nos dois mercados, beneficiando-se das sinergias entre as duas culturas, tais quais UBS, Credit Suisse, Nestlé, Suzano, Atlas Schindler, Vale, Grupo Safra, Novartis, Grupo Vicunha, Roche, Itaú Unibanco, Clariant e XP Investimentos.

Empresas pequenas e médias também participam do comércio bilateral, especialmente através da importação e exportação de mercadorias, bem como da implantação de unidades de produção, de pesquisa e de desenvolvimento de produtos.

Nos últimos quinze anos houve uma intensificação das relações institucionais entre Brasil e Suíça, com a criação de uma Comissão Mista de Relações Econômicas e Comerciais, e uma multiplicação de iniciativas visando a promover o comércio bilateral e o intercâmbio científico, com a abertura de um Swiss Business Hub em São Paulo e de uma das cinco filiais globais da Swissnex no Rio de Janeiro. A estes, soma-se a Swisscam, sediada em São Paulo, que há 65 anos vem desenvolvendo as relações suíço-brasileiras.

Percebendo condições favoráveis e um espaço enorme para o desenvolvimento de negócios aliando o melhor de ambos os países, a CHamBR irá oferecer cursos, workshops e palestras, participar de feiras, promover viagens e rodadas de negócios, estreitar parcerias e, sobretudo, criar oportunidades e pontes entre pessoas, empresas e instituições.

Em suma, a CHamBR concretiza o sonho dos seus membros fundadores de criar um espaço de diálogo e um ponto de referência para todos aqueles que desejam estreitar os laços e unir forças entre os dois países.

Muito obrigado!

Pedro da Silva Neves